sábado, 29 de janeiro de 2011

Uma explicação para a situação no Norte de África ?


Acontecimentos como aqueles que se têm registado nas últimas semanas no Norte de África têm sempre multiplas causas, mas esta talvez seja uma delas:


Com efeito este gráfico (obtido aqui) revela que os preços dos bens alimentares têm crescido de uma forma muito acentuada nos últimos meses. Em Dezembro de 2010 este índice revelava um aumento de 25% face ao valor de Dezembro de 2009, ultrapassando o anterior máximo registado em Junho de 2008.

E de acordo com esta notícia  "The annual inflation rates in prices of food and drinks, which constitute 44% of the basket in Egypt, amounted to 17.2% in December".

2 comentários:

Hugo Mendes Domingos disse...

Interessante. Já tinha havido revoltas em 2007 no Egipto quando o governo decretou um aumento do preço do pão.

A população pobre do Cairo é muito sensível ao preço dos bens alimentares.

P.A. Lerma disse...

em 2007 em 2008 em 2009
matou-se por pão

com 80 milhões num país que importa grande parte do que consome e vive num desemprego e sub-emprego crónico

é um novo fecho do Suez
se a instabilidade continuar
os estados unidos descarregam cereais
o problema é que o Paquistão necessita de ser alimentado por causa das cheias

e o trigo russo queimou-se
e o australiano afogou-se

e os resíduos que vão restar das reservas mundiais
se houver 2 anos iguais a este
que passou

não vão dar para suster todas as crises

e os 7mil milhões estão a chegar este ano

era tão expectável como a crise económica

mas a super-produção durante décadas criou ilusões

é humano